Sexta, 27 de Novembro de 2020 11:31
(42)9 9998-8983
Saúde Espaço Psicologia

E quando se sofre por pensar

A experiência clínica oportuniza a reflexão de muitos assuntos e em como isso impacta a vida real.

17/07/2020 20h47 Atualizada há 4 meses
Por: Redação Atual Notícias

Muitas vezes lemos as teorias, conhecemos comportamentos disfuncionais, mas na hora do vamos ver, de agir e viver, fazemos exatamente o que não deveríamos, e acredite muitas vezes sem essa consciência.

Uma pergunta pra você que está lendo agora esse texto. Você sente-se ansioso, pensamento repetitivo, negatividade, sente medo de tudo, sobrecarregado, cansado, engolindo sapos, deixou de se cuidar, não acredita em si, sono desregulado, apetite ou demais, ou de menos, sempre à beira de um ataque de nervos, inquietação, irritação, dor muscular, ataques de pânico, problemas digestivos, etc. Por acaso você sente algum desses sintomas?

Esses são alguns sintomas de ansiedade, que é a resposta emocional, física e social que parece se tornou e se incorporou ao comportamento moderno, vidas corridas, relações superficiais, cobranças excessivas, sobrecarga, sofrimento físico, e acredite existem pessoas que vivem assim e não se dão conta.

Importante dizer que um pouco de ansiedade e medo é saudável, funcional, precisamos sentir, são coisas naturais da vida, devem ser momentâneas, passar à medida que vamos vivenciando as situações, devem passar.

Mas hoje quero salientar o não funcional, o não saudável e a possibilidade de saber e reconhecer esses comportamentos são um exercício que devemos fazer, o tão sonhado autoconhecimento passa por reconhecer nossos comportamentos.

Primeira questão, pais ansiosos via de regra criam filhos ansiosos;

Crianças ansiosas sofrem com diversas situações do cotidiano da infância, com isso é possível iniciar um círculo vicioso, e vai gerando a naturalização do comportamento, só quando algo grande ocorre é que se busca ajuda.

Veja o possível impacto nas vidas, nas relações além do sofrimento envolvido.

Agora você sabe tudo isso, leu e percebeu o que é um ansioso, mas sabe o que faz que possa gerar a tua ansiedade¿ vamos aos exemplos, um dos muitos que podem ocorrer: — mulher casada, com filhos, trabalha fora, paga as contas, sai do trabalho passa no mercado, chega em cas e percebe que precisa ainda fazer o jantar, pois ninguém fez, ela sempre faz e nem nota o quanto isso sobrecarrega, cansa e irrita. Fica irritada por coisas simples, tem o sono desregulado, parece que está sempre atrasada, correndo, te parece algo conhecido¿ E aqui nem entro em outros possíveis problemas, é só para ilustrar.

Será que percebemos o que nos prejudica, ou apenas realizamos as tarefas no automático. Parece simples, mas é necessário, acordos claros, comunicação clara sobre isso, ou sempre terá alguém sobrecarregado.

Se formos pensar em qualidade de vida, e bem-estar, o manejo e tratamento dos transtornos de ansiedade são fundamentais. O sofrimento emocional e físico é real e pode se tornar incapacitante, e digo mais, entender o ansioso nem sempre é tarefa simples, daí a ênfase no autoconhecimento.

E como aprender a controlar a ansiedade. Primeiro é saber os gatilhos, onde e o que incomoda e a psicoterapia é o lugar para encontrar essas respostas.

Algumas atividades podem e devem ser incorporadas na rotina.

Praticar atividade física, caminhada ou qualquer coisa que proporcione prazer e bem-estar, os benefícios são visíveis tanto físicas, emocional e socialmente.

Praticar meditação: Mindfulness é uma das intervenções mais eficientes para reduzir o estresse e auxiliar o sistema imunológico, além de ser comprovado cientificamente. Alimentação saudável: não apenas o corpo necessita de alimentos saudáveis, mas o cérebro também. E é um fato o quanto a alimentação atual pode ter excesso de gorduras, conservantes que intoxicam o organismo. Ter um hobby: E aqui novamente alguma coisa que seja relaxante, não algo que gere mais ansiedade. Ouça música: A música ajuda relaxar, extravasar, expressar, dançar, celebrar, interiorizar, descansar. Só por isso é terapêutica e sem contraindicação. Tenha um animal de estimação: inegável o quanto os pets podem ser terapêuticos. Aqui alguns exemplos, ansiedade pode se tornar incapacitante e sempre vem acompanhada das comorbidades que são outros problemas relacionados.

O nosso comportamento é resultado de uma série de fatores, e comportamento se aprende e se melhora, temos a incrível capacidade de modificar se quisermos e nos dedicar a isso. Bons hábitos, bons pensamentos, um ambiente positivo e saudável deveria ser o normal, mas não é, então buscar e conquistar isso só gera benefícios. Saber de si, autoconhecimento, conhecer nossas falhas, nossos medos e enfrentar isso, pode ser desafiador, mas com toda certeza não tem preço e só gera alegrias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Psicóloga Tatiane Bortoloso
Sobre Psicóloga Tatiane Bortoloso
Um espaço que abordará semanalmente assuntos relevantes sobre pscicologia
União da Vitória - PR
Atualizado às 11h22 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 26°

27° Sensação
9.7 km/h Vento
60.7% Umidade do ar
90% (7mm) Chance de chuva
Amanhã (28/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias