Sexta, 20 de Maio de 2022
-1°

Poucas nuvens

União da Vitória - PR

Paraná Paraná

PF é indiciado por homicídio qualificado e mais quatro tentativas de assassinato por balear clientes em posto de combustíveis de Curitiba

Polícia Civil concluiu inquérito do caso, nesta quarta-feira (11); policial Ronaldo Massuia está preso e responde por matar uma pessoa e ferir outras a tiros.

11/05/2022 às 18h10
Por: Rafael Diego Fonte: G1
Compartilhe:
Foto: PCPR
Foto: PCPR

A Polícia Civil concluiu o inquérito, nesta quarta-feira (11), e indiciou por homicídio qualificado, quatro tentativas de homicídio qualificado e ameaça o policial federal Ronaldo Massuia Silva, investigado por atirar em clientes de uma loja de conveniência de um posto de combustíveis, em Curitiba.

 

Ronaldo está preso desde o dia 1º de maio, quando atirou ao menos 17 vezes dentro do estabelecimento, no bairro Cristo Rei. O fotógrafo Andre Muniz Fritoli, de 32 anos, foi morto e outras quatro pessoas ficaram feridas.

 

Além do inquérito concluído pela Polícia Civil, no âmbito criminal, a Polícia Federal informou que abriu um processo disciplinar pela corporação para apurar o fato.

 

A defesa do policial federal informou que o indiciamento "é um entendimento da autoridade policial e o primeiro passo do processo criminal" e disse que solicitou diligências, além da reprodução simulada dos fatos, que "vai esclarecer pontos sobre o trágico fato que pode alterar o relatório final do inquérito policial".

 

Na conclusão do inquérito, o delegado Wallace de Oliveira Brito, do 6º Distrito Policial da capital, informou que ouviu quase 20 pessoas, entre testemunhas e funcionários do posto que estavam no local quando o crime aconteceu.

 

Também foram ouvidas pela polícia pessoas ligadas ao policial federal que, segundo o delegado, informaram que o agente federal apresentava características de agressividade e explosão.

 

Ainda conforme o delegado, a investigação apontou que o policial já havia utilizado arma da corporação para ameaçar pessoas em outras situações anteriores e também já havia se envolvido em discussões.

 

Os advogados do fotógrafo que morreu após ser baleado pelo policial informaram que o inquérito policial "contém todas as provas de materialidade e de autoria - que é confessada pelo indiciado - e traz um importante material que demonstra que a conduta do policial federal é cruel e injustificada, tendo vitimado inúmeras pessoas".

 

A família de André Muniz Fritoli, conforme a defesa, "aguarda o oferecimento da denúncia pelo Ministério Público para que, com o devido processo, haja punição a altura e se alcance justiça".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União da Vitória - PR Atualizado às 04h14 - Fonte: ClimaTempo
-1°
Poucas nuvens

Mín. -2° Máx. 15°

Sáb 17°C 1°C
Dom 18°C 3°C
Seg 19°C 5°C
Ter 21°C 6°C
Qua 22°C 8°C
https://ad.doubleclick.net/ddm/trackclk/N1137856.4213958ATUALNOTICIAS/B26275895.313513222;dc_trk_aid=506214550;dc_trk_cid=155830789;dc_lat=;dc_rdid=;tag_for_child_directed_treatment=;tfua=;ltd=
https://ad.doubleclick.net/ddm/trackclk/N1137856.4213958ATUALNOTICIAS/B26275895.313513225;dc_trk_aid=506214553;dc_trk_cid=155830789;dc_lat=;dc_rdid=;tag_for_child_directed_treatment=;tfua=;ltd=
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias